segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Winter Break: Christmas

Como alguns já devem saber, nos países do hemisfério norte, onde o inverno é em dezembro/janeiro, as férias que seriam as 2 ou 3 semanas de férias em julho no Brasil (nosso inverno), é o Winter Break que temos aqui.
Portanto, do dia 22 de dezembro até dia 6 de janeiro estou de "férias aqui", mas desde então não fiz nada de especial!

A prima da Mariana chegou do México dia 19 de dezembro para ficar aqui até dia 1º de janeiro para visitá-la, o nome dela é Ana e ela ficou aqui na nossa host family, no quarto com a Mariana.

Como já falei, até agora no meu Break não fiz nada de especial além de dormir até meio-dia, ir no shopping alguns dias e ir patinar no gelo em outros.
 E o frio...
Claro que não é todo dia assim, mas teve 2 dias que deu temperatura com sensação abaixo de -30ºC, mas tá fazendo uma média de -15ºC,  o que, comparado a -30ºC não é NADA!
Para vocês terem uma noção do FRIO que é...quando tá -20ºC ou menos é quando seu cabelo ou seus cílios congelam! Aí sim é muito, muito frio! Agora quando faz -10ºC eu já não sinto frio nenhum, se fizer -5ºC então vou poder sair de manga curta! hahahaha

O Natal foi o mais sem graça possível. A Laurie teve que trabalhar na véspera, e o Jay e as meninas foram ter a ceia na casa da vó, e falaram que não podiam nos levar porque a casa lá era pequena e não dava pra nós quatro (eu, Mariana, Ana e a outra brasileira daqui).  Até que compreensível, mas a comida da nossa ceia ficou por nossa conta. Se dependesse de mim, da Mariana e da Gabriela (a brasileira), íamos jantar miojo e coca-cola na nossa ceia de Natal, mas para a nossa sorte a Ana sabe cozinhar! E fez uma lasanha bolonhesa que ficou muito boa! Não sabíamos o que fazer de sobremesa, então eu e a Mariana, para não parecermos tão inúteis na cozinha, arriscamos fazer um bolo daqueles que a massa vem numa caixa e só precisa acrescentar alguns ingredientes e colocar no forno (coisa que qualquer criatura consciente sabe fazer, e eu nunca tinha tentado antes, rsrs).
E não é que ficou bom? O bolo era sabor baunilha e, como já esperado, não sabíamos fazer uma cobertura descente para o bolo, pegamos tipo um chantilly que tinha aqui, espalhamos no topo do bolo, e, para dar mais uma enfeitada, joguei granulado! (que eu tinha comprado há 2 meses atrás pra fazer brigadeiro e não fiz). E assim foi o 2º bolo que fiz na minha vida (sou uma incompetente na cozinha, I know!). Não foi a sobremesa mais apropriada para uma ceia de Natal, mas, acreditem ou não, FICOU MUITO BOM! - é sério, mãe!

Lasanha bolognesa e bolo de baunilha, de pijama, como se fosse um dia comum...certamente foi um Natal diferente, sem família, sem fotos, sem peru, sem a comida deliciosa da minha vó, sem piada do "é pavê ou pacume??", sem tia chata perguntando como vão os gatinhos, sem Papai Noel (ok, isso já faz um tempo, kkk), e sem outros clássicos de Natal....
Confesso que foi um pouco triste, sim, mas valeu a experiência só pela parte que consegui fazer um bolo que ficou bom!

No dia do Natal mesmo, 25/12, as minhas host sisters canadenses, Kaily and Ainsley (8 e 9 anos) me acordaram às 8h30 da manhã, entrando todas felizes no meu quarto: "Gi, Gi! Santa came and left presents for everyone! Come open it with us!!" Fofas, né? hahahah eu não queria levantar a aquela hora, maas lá fui eu ver os presentes que o "Santa Claus" tinha deixado. As meninas fizeram questão de que cada um abrisse seu presente de um vez para que elas pudessem ver todos os presentes, então começamos pelos presentes deixados pelo "Papai Noel" na stocking (aquelas meias penduradas na parede onde o "Santa" deixa os presentes). Eu, a Mariana e a Gabriela ganhamos a mesma coisa cada uma: chocolates, esmaltes e um par de meias de inverno.

Mas além disso, é claro, teve o presente da família para mim, que foi um moletom do time da minha escola.
A Mariana e a Gabriela ganharam o mesmo também, mas em cores diferentes.
Da Mariana ganhei um suéter, bem bonito por sinal! E da Gabriela não ganhei nada, assim como ela não deu presente para ninguém. (not my problem...)
Para o Jay eu dei uma camisa dos Jets, time de Hockey daqui. Para a Laurie dei um kit de cremes e perfume. Para  Kaily e Ainsley, eu e as meninas (Mariana e Gabriela) demos um carro da Barbie com controle remoto (coisa que não existia na época que eu brincava de Barbie, rsrs). Para a Mariana dei um suéter e para a Gabriela dei um creme hidratante.

No dia seguinte, 26/12, eles fizerem um jantar aqui que era pra valeu como a ceia de Natal, já que a Laurie estava trabalhando na noite do dia 24/12. Uns parentes deles vieram aqui e ganhei mais algumas coisas:
um pacote de castanhas do irmão da Laurie e um cartão com $30 de um parente que nem sei direito quem era...BUT NOT BAD, right?!?

Se algum intercambista estiver lendo e quiser compartilhar comigo como foi seu Natal no intercâmbio, a caixa de comentários está logo aqui a baixo e vou adorar saber!

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Christmas dinner + Ice Skating

Dia 18/12, a escola levou nós, intercambistas, para um museu e depois para o Forks para patinar no gelo e depois jantar na "Spaghetti Factory of Winnipeg"...tudo de graça!


Tivemos até a 3ª aula na escola, e na hora do recreio todos fomos para o ônibus para primeiro irmos para o museu, que na verdade é a "legislative building" com uma parte que é como um museu, com objetos da Coroa Britânica, já que o Canadá "pertence" ao Reino Unido...












Depois do museu, fomos ao Forks patinar, e eu, com meu braço quebrado que não ia ficar só assistindo todo mundo se divertindo! Patinei também , e nem caí!


 E depois, a melhor parte: jantar italiano de graça!



Foi muito bom ter todos os intercambistas reunidos assim, eu só acho que a escola podia fazer viagens também...maas, tudo bem!

Vejam os outros posts!

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

100 days

Today, December 11th, it's been a hundred days that I am here in Winnipeg. It means 2/3 of my exchange...3 and a half months. Many things were learnt , many moments will in the memory remain, many days became unforgettable, moments of disparation now became reasons to laugh about and tell everyone how awesome is to be an exchange student. Being an exchange student is being able to deal with all kinds of situations, having your head open for all kinds of opinions, respect all kinds of customs, making friends all over the world and being proud of saying that you have been an exchange student.  Besides that, some moments of sadness were passed through these days, but nothing that I could not bring a lesson with me, or even days that I saw pictures of THAT party in my city...and I wasn't there, and some moments in my home country that, for a second, I wished, more than everything, I had the power to be multiplied so that  I could be present that day at the same time I would be here. And, if you are an exchange student, don't waste too much time trying to remember if you had ever felt like this, because you had. But at the same time, you know that when you go back to your home country YOU will be the one telling the craziest and funniest stories to your friends, YOU will be the mature one between your group of friends, YOU will make your parents even prouder of you, you will realise how much it was worth it, how life is good and how awesome it feels to be able to say "I have been an exchange student and I proud of myself."



Um texto que escrevi dedicando a esse post de 100 dias no Canadá, e 51 dias pra voltar.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

not a good day...

Um post nada esperado para aparecer aqui, pois uma coisa nada boa aconteceu comigo aqui. Enfim, antes que eu tenha que contar uma história toda pra vocês saberem o que aconteceu, já deixo claro agora: quebrei meu braço! Então pra quem quiser saber minha história  do dia 12/12/12 (weird, lol), go ahead:

Era um belo dia como todos os outros, tudo coberto de neve, principalmente as RUAS com o asfalto praticamente como uma pista de patinação de tão escorregadio devido ao gelo (não é nem neve, é gelo que fica), e eu, a Mariana e a Gabriela (mexicana e brasileira que moram comigo) descemos do ônibus e estávamos caminhando do ponto para a casa, como a minha ordinário rotina canadense. No meio do caminho, atravessando a rua, eu levo o maior tombo da história, caindo de costas no asfalto. A minha sorte é que os canadenses dirigem devagar e prestam muita atenção, e o carro que estava vindo parou quando nos viu atravessando a rua (antes do tombo)!
Enfim, cheguei em casa e meu cotovelo estava doendo muito, eu nem mesmo conseguia esticar meu braço mais do que 90º, mas eu não esperava ter quebrado nada. Ainda não tão azarada, quando abri minha bolsa da escola vejo a tela do meu iPod touch QUEBRADA! Ainda estou na dúvida do que doeu mais: ter meu braço quebrado ou ver a tela do iPod toda trincada!

Quando Jay (host father) chegou do trabalho, ele me levou no pronto socorro aqui...mas adivinhem? a inteligente aqui esqueceu os documentos do seguro de saúde NA HOST FAMILY ANTIGA! Por sorte (o que tem faltado por aqui), conseguimos falar com o coordenador do programa e pegar o número de registro do meu seguro de saúde e me registrar quando cheguei no hospital. Já pensou se eu tivesse que ir na outra casa pegar o meus documentos do seguro?? ha ha ha!
Enfim, esperei 3 horas só pra me colocarem na sala do raio-x e depois ser - não muito bem- atendida , e pra ser bem sincera, fiquei de cara com o atendimento público de saúde aqui do Canadá! Acreditem ou não, mas o SUS do Brasil não está muito pior do que aqui...
Quando fui - finalmente - atendida e depois de tirar o raio-x, o médico me falou o nome da fratura que PODIA ter sido. Ou seja, depois de ele ter tirado raio-x e examinado meu braço ele não conseguiu ver se eu tinha ou não quebrado algum osso, ele só falou que podia ser uma tal de "fratura Galeazzi", que pelo que minha mãe como médico no Brasil disse que se fosse essa fratura seria um caso cirurgico. De qualquer forma o médico colocou uma tala de 3/4 de diâmetro do meu pulso até um pouco depois do meu cotovelo e falou para eu voltar em uma semana (dia 20/12) e ele examinaria de novo.
Dia 20/12 estava lá eu de novo, mas outro médico. Quando entrei no consultório, ele examinou meu braço e falou que pelo que ele tinha visto no raio-x era uma fratura de "cabeça de rádio", o que fazia sentido, e não a tal da fratura Galeazzi que o outro cara tinha falado (que seria uma coisa bem complicada). Trocaram meu gesso para um com diâmetro inteiro (bem pior) e tenho que voltar no começo de janeiro para tirar outro raio-x e ver se já dá pra tirar o gesso ou não. Nessa segunda vez no médico eu já consegui mexer meu braço bem mais (quando tiraram o 1º gesso pra trocar) do que da primeira vez que fui, então eu espero que o resultado sejá RÁPIDO porque, olha, não é fácil colocar casacão de inverno com gesso no braço inteiro, tomar banho com um saco de lixo em volta do braço - e a água entrar mesmo assim-, ter que ficar com o braço 90º e não conseguir amarrar meu cabelo (isso é muito angustiante) e não poder fazer nada quando o braço COÇA (mais angustiante ainda!)!  ARGG! :(

E o que me irrita mais é quando, depois de perguntar o que aconteceu com meu braço, os canadense falam: "oh, but look at the good poiont, it's all about a new experience in Canada!"
NÃÃÃO! :@

Anyways, agora o jeito é seguir em frente mesmo com o braço quebrado!
Demorei pra postar mas agora vem um post atrás do outro (I hope so!).
:)

sábado, 1 de dezembro de 2012

Update: WINTERpeg chegando


Mais um tempo sem postar nada aqui, mas tenho um motivo aceitável: a internet aqui na minha nova casa não está funcionando direito e quando funciona cai toda a hora. Foi aqui que tive a “brilhante” ideia (que eu poderia ter tido bem antes) de escrever o post no Word, salvar e depois só copiar e colar no blog! Além de um update dessa semana, esse post é para comemorar meus 3 MESES EM WINNIPEG! O melhor está por vir agora, com o inverno canadense tenho mais opções de lazer aqui, como patinar no gelo, assistir jogos de hockey e até ir esquiar numa (pequena) estação de esqui que tem aqui em Winnipeg!

Começando por fim de semana REtrasado...
sábado fomos no boliche: eu, a Mariana, a Gabriela (brasileira intercambista que está na mesma casa que eu agora), Jay (host father) e as minhas host sisters canadenses, Kaily e Ainsley. Laurie, a host mother, não foi porque estava passando mal, não sei do que. Foi na verdade um bolicha programado pelo programa de intercâmbio da minha escola, então todos os intercambistas e suas famílias foram convidados, embora nem todos tenham ido.
Pra ser bem sincera, achei que por ter sido minha primeira vez jogando boliche, eu ia ser pior, mas até que não; fiz 3 spares!
Domingo, dia 2 de dezembro, fomos na festa de fim de ano do trabalho do Jay. Só tinha criança, e por isso colocaram  uns "brinquedos" de parque de diversão lá (tinha aquela chícara que roda e um tobogã). As meninas nos imploraram para irmos com elas na tal da chícara, e fomos, mas uma vez não foi suficiente, elas foram 6 vezes! Eu desisti depois da segunda vez e deixei a Mariana e a Gabriela "having fun" com elas (risos).

A semana na escola foi a mesma, e pra ser bem sincera, já estou querendo férias, porque ver todo mundo no Brasil indo à PRAIA, e Curitiba (onde eu moro) milagrosamente fazendo 30ºC...dói!
Falando em temperatura, essa semana foi a mais fria da minha vida até agora! - lembremos que ainda vai piorar! Hoje, dia 10/12, fez -24ºC !!! ah, esqueci de contar a sensação térmica: -33ºC! E pra quem não acredita, ou acha que é exagero, é só olhar a foto ao lado:

oh, yeah....NOW I KNOW WHAT THEY MEANT BY "WINTERPEG"!!

Com relação ao meu inglês, nesse 3º mês aqui eu notei que melhorou bastante, principalmente a pronúncia de palavras que eu não pronunciava direito antes....como por exemplo os verbos "live" e "leave" têm uma diferença que antes eu não notava, e agora consigo pronunciá-los diferentemente, e espontaniamente.
Ainda pretendo gravar um vídeo falando em inglês para verem como está meu inglês, porque creio que meus pais queiram saber se estou cumprindo um dos meus principais objetivos aqui (rs).

Este sábado fui ao The Forks patinar no gelo com a Mariana, minha amiga brasileira (Natália) e sua host sister alemã (Luise). Alugamos os patins por $4,00 mas não patinamos por mais de meio hora devido ao frio (-18ºC!), e já combinamos que da próxima vez vamos num lugar fechado patinar, porque...né?? Saí da pista de patinação, lá fora, e fui dentro do Forks, onde tem um mercadinho e umas lojas, e para a minha sorte, uma lareira para descongelar meus dedos do pé depois de ter patinado! Fiquei mais tempo do lado da lareira do que lá fora patinando.

Indo para o Forks, gravei (ou pelo menos TENTEI gravar se a minha câmera não tivesse de gravar no meio) um vídeo esparando o ônibus e falando coisas inúteis:



E pra comemorar os 3 meses, um vídeo da minhas host sisters fofas cantando!! (espero que carregue o vídeo)


video






terça-feira, 27 de novembro de 2012

Update

Esse post é só pra não deixar o blog mais parado do que está, porque não tenho muito o que contar sobre as duas últimas semanas.

Sexta-feira, dia 2 de novembro, tive jogo de futebol com os intercambistas das 5 escolas que fazem parte do programa de intercâmbio que estou. Fomos para a 1ª aula na escola, e na 2ª aula pegamos o ônibus escolar (o amarelo!) para ir para o jogo - só com intercambistas - promovido pela escola. É claro que eu não joguei, afinal, eu seria expulsa do time se eu tentasse jogar....preferi ficar numa mesa conversando com uns amigos e amigas. A melhor parte é que tivemos pizza e cookies grátis!
O resto da semana foi a mesma coisa de sempre, fui no shopping com umas amigas como quase toda semana (e basicamente a unica coisa que tem pra fazer aqui enquanto nao da pra patinar no gelo os esquiar, o que logo vai dar).
Como jé falei no outro post, mudei de host family e se vocês estiverem dispostos, leiam o último post pra saberem com mais detalhes o que aconteceu. Estou adorando minha família agora, me sinto muito melhor  na casa.
Sábado, 24/11, foi aniversário de uma amiga minha brasileira aqui, e pra comemorarmos fomos num restaurante latino - que, como o nome já dá a entender, tem comida brasileira também. Comi AQUELE bife à milanesa, hmmm....
Na primeira vez que fui nesse restaurante, umas 2 semanas atrás, pedi picanha pra matar mais um pouco a saudade do Brasil e da melhor comida do mundo (brasileira, é claro!) e vinha com farofa - não é comum aqui. Pra quem estiver vindo pra Winnipeg, anota aí, restaurante HERMANOS!

Ontem, 26/11, fui no show do RED HOT CHILI PEPPERS, e eu posso dizer que foi um dos melhores momentos da minha vida! Simplesmente o máximo, tocam muito bem e cheguei muito perto de chorar de emoção quando tocaram Under the bridge, Can't stop e Did I let you go, que são minhas preferidas! To sem palavras, foi muito bom mesmo, os 83 dólares mais bem gastos da minhas vida!
Assim que der, vou postar um ou dois vídeos do show, mas aqui vão as fotos:











domingo, 25 de novembro de 2012

Mudança de Host Family

Um título um tanto quanto assustador pra se começar um post, né? Pois é isso mesmo, ontem, dia 21 de Novembro, 53% do meu intercâmbio, mudei de host family, e eu espero do fundo do meu coração que nenhum intercambista tenha que passar por isso no seu intercâmbio! E por que eu não falei antes aqui que eu não estava me dando bem com a minha agora EX-host-family? Porque eu não tinha certeza se eu ia mudar e como as coisas iam ficar até o final do meu intercâmbio e eu ainda m pergunta a se era só uma fase de desentendimentos com eles, mas NÃO! Vou explicar pra vocês o que aconteceu (tentando resumir) .
Se você quiser ler, boa sorte and go ahead:

Bem, como eu já tinha contado pros meus amigos e minha familia - mas não mencionei aqui no blog - eu comecei a ter problemas  com a >>EX<<< host mother (que alívio poder falar "ex"!) desde o final do primeiro mês. Ela estava sendo grosseira constantemente comigo e com a minha host sister mexicana, reclamava de qualquer coisa que fazíamos ou não fazíamos por mais simples que fosse, e eu tenho certeza de que eu estava fazendo tudo que eu deveria, como limpar meu quarto, limpar meu banheiro, colocar a louça na máquina de lavar, limpar e guardar tudo depois de usar, etc, mas é claro que eu não sou - e ninguém é - perfeito. Mas se eu esquecesse de colocar de volta uma caixa de leite na geladeira depois de tomá-lo (o que na verdade aconteceu uma vez), ela surtava, me dava uma praticamente uma lição de moral falando que eu já deveria estar acostumada com a rotina da casa, e minhas desculpas por ter esquecido um objeto imóvel e inofensivo em cima da mesa não eram o suficiente para fazê-la me pedir com GENTILEZA da próxima vez, até porque eu não sou (NEM PERTO) de ser filha dela pra ela achar que pode falar comigo desse jeito. Aliás, nem minha mãe fala comigo assim. Parecia que eu tinha esquecido na mesa uma bomba atômica prestes a explodir, pelo tamanho do escândalo que ela fazia, em vez de me pedir com um tom de voz normal que eu não ficaria ofendida, e entenderia do mesmo jeito que eu esqueci a bomba atômica...quer dizer,  A CAIXA DE LEITE, em cima da mesa!!
Outra coisa que me incomodava, embora possa ser motivo não tão justificável pra eu ficar incomodada, é que eles entravam toda hora no meu quarto, e tudo bem que não é certo ficar trancada no quarto o dia inteiro e eu evitava mesmo ficar, mas um momento de paz de vez em quando todo mundo precisa! Eu pessoalmente sou assim, no Brasil eu passava maior parte do tempo durante semana no meu quarto, seja estudando, seja no computador. Eu entendo que eles tinham que exigir que eu passasse tempo com eles, mas depois do segundo mês passei a evitá-los para consequentemente evitar discussões como a da caixa de leite, o que me deixava extremamente irritada, mas a minha única opção era engolir, engolir, engolir...até o momento que fiquei cheia (digamos que no começo desse mês) e tive que dizer, pra mim mesma: "I'M DONE!". Agora posso dar uma dica por experiência própria aos futuros intercambistas: tentem não deixar esse tipo de problema afetar o resto do seu intercâmbio, mas se você já tiver engolido o suficiente, faça com que esse problema pare por aí, até porque ninguém é obrigado a aguentar por tanto tempo!

Tinham outras coisas que nos incomodavam bastante, mas se eu for contar tudo isso aí vai ficar do tamanho de uma Bíblia! Enfim, desde o começo de novembro tenho trocado emails com um dos coordenadores do programas e a primeira coisa que ele pediu pra eu e a Mariana fazermos era conversar com eles e falar o que a gente não estava gostando. Se não me engano, essa conversa foi dia 5 de novembro e foi mal sucedida. Continuamos contactando o coordenador e ele já estava à procura de uma nova família nova, mas eu disse que queria esperar mais um pouco pra ver se as coisas tomavam o rumo certo, até que eu e a Mariana percebemos que não e já estavamos certas de que queríamos trocar de família. Segunda-feira, dia 19/11, recebemos outro email do coordenador, e ele dizia que  a única opção era irmos para casas diferentes, mas nenhuma de nós queríamos. Depois de uma loonga troca de emails, ele nos falou que conseguiu uma família que estaria disposta a hospedar nós duas aléém da brasileira que eles já tinham, então agora eu estou nessa casa por uma exceção nas regras do programa (porque não é permitido ter dois intercambistas que falem a mesma língua na mesma host family, mas aqui na casa só nos falamos em inglês mesmo)

ENFIM....a família é composta por:
Laurie, a mãe
Jay, o pai
Ainsley e Kaily, as filhas deles de 8 e 9 anos
Mariana, minha host sister mexicana que já estava comigo na outra casa
Gabriela, a intercambista brasileira.

Terça-feira depois da aula o coordenador pegou eu e a Mariana para ir na casa antiga pegar nossas malas e irmos para a nova casa, e  graças a Deus eles não estavam na casa e não precisei passar por THAT AWKWARD MOMENT de ter que me "despedir" deles depois de uma briga ENORME na segunda-feira à noite! 
Estou gostando bastante da família nova, e aqui eu me sinto muito mais em casa do que na outra host family!
A readaptação é um pouco difícil porque eu fico com receio de estar fazendo algo errado, algo que talvez seja diferente da outra casa e tenho que me readaptar...mas estou muito feliz por ter mudado!
Espero que vocês estendam que está semana foi beeem corrida, e por isso que demorei pra postar!


árvore de Natal toda da Disney!






quinta-feira, 1 de novembro de 2012

2 meses!

2 meses...61 dias...1464 horas...87.840 minutos...5.270.400 segundos.

Seja qual for a melhor forma pra parar pra pensar como o tempo voa, é esse todo o tempo que to aqui no Canadá, e o que eu posso dizer até agora é que vivi...

5.270.400 segundos de uma vida nova;
87.840 minutos de momentos inesquecíveis;
1464 horas de crescimento pessoal e independência;
61 dias de novas experiências;
...2 meses do meu intercâmbio



E aqui vai um texto sobre intercâmbio, que vi no facebook e no tumblr de alguns intercambistas: (ps: em inglês!)



"I am an exchange student. How do you know what a dream is, if you never accomplished one? How do you know what an adventure is if you have never took part in one? How do you know what anguish is, if you never had to said goodbye to your family and friends with your eyes full of tears? How do you know how being desperate feels like, if you have never arrived in a place alone and could not understand a word of what everyone
 else was saying? How do you know what diversity is if you have never lived under the same roof with people from all over the world? How do you know what tolerance is, if you have never had to get used to something different even if you didn’t like it? How do you know what autonomy is, if you have never had the chance to decide something by yourself? How do you know what growing up means, if you have never stopped being a child to start a new course? How do you know what to be helpless is, if you have never wanted to hug someone because there was a computer screen to prevent you from doing it? How do you know what distance is, if you have never, looking at a map, said “I am so far away”? How do you know what speaking a language is, if you have never had to learn one to make friends? How do you know what patriotism is, if you have never shouted “ I love my country!” holding a flag in your hands? How do you know what the  reality is, if you have never had the chance to live it a lot of them to make one? How do you know what an opportunity is, if you have never caught one? How do you know what pride is, if you have never experienced it for yourself at realizing how much you have accomplished? How do you know what seizing the day is, if you have never seen the time running so fast? How do you know what a friend is, if the circumstances have never showed you the true ones? How do you know what a family is, if you have never had one that supported you unconditionally? How do you know what borders are, if you have never crossed yours to see what's on the other side? How do you know what imagination is, if you have never thought about the moment when you would go back home? How do you know the world, if you have never been an exchange student?"


E o que mais que posso dizer que aprendi só nesses 2 meses aqui?

- Aprendi a valorizar mais a família que eu tenho, só pela saudade que tenho de todos eles;
- percebi que tenho amigos únicos e insubstituíveis, que realmente fazem falta aqui;
- quando eu voltar vou agradecer quase de joelhos cada carona que meu irmão me der no Brasil, já que aqui não  tenho esse privilégio e tenho que pegar ônibus e andar o dia inteiro;
- aprendi que fazer a cama de manhã não mata ninguém (risos);
- percebi que pra ser independente e dar um passo adiante só depende de você mesmo;
- me senti nerd pela primeira vez na vida por ter sido a única na minha sala aqui que sabia fazer uma equação de segundo grau (quem tá no ensino médio sabe que a gente aprende isso na 7ª/8ª série, e é muito fácil);
- fiz amizades com pessoas do mundo todo, e isso é incrível!
- aprendi a dizer algumas coisas em coreano, alemão e eslovaco;
- aprendi a controlar o dinheiro;
- percebi que ir na academia mais de 2 vezes por semana também não mata ninguém;

e é claro, muitas outras coisas além dessas!


Obrigada a todos pelas 8.000 visualizações! Espero que acompanhem o blog, e comentem quando puderem, vou postar com mais frequência agora. :D


quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Halloween!

Sem tempo, muita tarefa de casa, prova toda semana, academia,...tudo isso tem sido o motivo da minha ausência aqui, mas não se preocupem, eu não larguei o blog!

exchange students!
Quarta-feira, dia 24/10, eu e os outros intercambistas ficamos na escola até depois da última aula para fazermos o que eles chamam de "pumpkin carving" - fazer uma carinha na abóbora. A equipe de professores dos intercambistas compraram as abóboras para nós, e juntaram todas as mesas da sala dos intercambistas para fazermos. Confesso que é mais fácil do que parece, é só pegar um desenho de base e começar, não é difícil de cortar!




"TRICK OR TREAT?"


Hershey's, KitKat e Reese - meus favoritos!
Dia 31/10, Halloween, fui pedir "trick or treat" no meu bairro com a Mariana, uma amiga brasileira e sua host sister alemã. Fui em every single house que estava com as luzes acesas (quando a luz está acesa significa que eles vão dar doces). Eu e minhas amigas éramos praticamente as únicas adolescentes pedindo doces, mas, sabem como é, né? Estando aqui tem que aproveita a tradição que não temos no Brasil e pegar muuuitos doces, afinal, ninguém me conhece aqui mesmo! - é isso que pensei quando vi a cara de algumas  pessoas querendo dizer algo como "vocês não estão meio velhas pra fazer isso??". Mas valeu muito a pena, e doce nunca é demais (a não ser que a pessoa esteja de dieta, o que era meu caso antes do Halloween #FAIL!).

Se você estiver indo para um intercâmbio nos EUA ou Canadá, ou não sei mais em que outros países é tradição fazer "trick or treat", vá lá e faça, se fantasie, lembre-se que você só está ganhando doces grátis e ninguém te conhece! (risos)                Como eu disse em outro post, na festa de Halloween do colégio eu me fantasiei de Amy Winehouse (rs), mas quando fui pedir doces usei uma fantasia muito famosa, chama-se: tá-muito-frio-lá-fora-e-não-estou-afim-de-me-fantasiar, vou-inventar-qualquer-coisa! Aposto que vocês já ouviram falar! hahaha                                               Enfim, fiz uma maquiagem de "halloween" e fui! E por incrível que pareça, já se passaram 2 semanas do Halloween e os doces ainda não acabaram...espero que minha mãe leia isso e veja que não estou comendo tudo de uma vez!
crianças fofas no Halloween! (eu tive que tirar foto!)






segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Update (atrasado!)

Hello, everyone!
Mais um post atrasado por aqui, mas vou tentar escrever sobre as duas últimas semanas só neste post.

Thanksgiving (07-out): Umas pessoas vieram jantar aqui em casa, e como tradição, tivemos peru e torta de abóbora. (ps: experimentei mas não gostei da tal torta de abóbora, preferi ficar com a torta de limão que teve aqui também).
No Brasil nós temos o "Dia de ação de graças", que é a mesma coisa, mas a maioria não comemora como aqui. O Thanksgiving é basicamente um feriado para agradecermos pelo a que temos. Não trocam-se presentes como Natal, e acho que não tem nenhuma ligação religiosa, mas antes de jantarmos é feita uma oração para agradecer, mesmo a minha família não sendo religiosa.



Na segunda não tive aula, e que eu lembre fiquei em casa o dia todo. Sexta-feira à noite eu e outros intercambistas fomos na casa de um intercambista brasileiro aqui. No fim de semana fui comprar minha fantasia para o Halloween, que é de AMY WINEHOUSE (comprei a peruca). Domingo à tarde fiz WAFFLES com a receita que a Laurie me passou.                                                                    Quarta-feira tive um passeio com os intercambistas do colégio, fomos na "Corn Maze Farm", uma fazenda um pouco pra fora de Winnipeg, uns 20 minutos de ônibus (fomos com aquele ônibus amarelo classic)
                         Estava garoando um pouco, mas não muito frio. Chegamos e fomos para o lugar onde ficam as vacas, e todo mundo tirou leite da vaca! Imaginem a situação pra quem nunca tinha feito isso antes (eu)! Tinham alguns filhotinhos de cabra e de coelho em outro lugar e podíamos pegá-los no colo, mas não tenho foto!                                                                                       Depois fomos para o tal do "corn maze", um labirinto de plantação de milho, mas graças às temperaturas baixas nesse outono de Winnipeg, as espigas de milho estavam baixam e deixou de ser um labirinto porque dava pra ver tudo em volta! Fizemos um "caça ao tesouro" que não deu certo porque todo mundo parou pra tirar fotos e acabaram desistindo.                Também tinha uma "haunted house" que podíamos ir, mas não tinha nada de assustador!
Mas a melhor parte foi quando fomos assar marshmellows na fogueira, uma coisa que nunca tinha feito antes!
so yummy!
Sexta-feira (19/out) umas meninas vieram aqui em casa (mexicanas, uma sul-coreana e uma outra brasileira) e assistimos Atividade Paranormal 3. Só a brasileira dormiu aqui porque as outras não podiam porque já tinham tido as 2 "sleepovers" por mês permitidas pelo programa (achei ridícula essa regra, mas tudo bem...)


exchange students at the corn maze
international friendship <3
"haunted" house
abóbora de feno, na corn maze farm

Como todas as outras semanas, tive provas (tenho, de cada matéria, a cada duas semanas) e como todos os outros intercambistas, sempre consigo tirar vantagem e pedir mais tempo pra entregar trabalhos e tarefas para os professores (rs). Tenho muuuita tarefa aqui, e não tenho saída porque vale nota, diferente de como era meu colégio no Brasil.
Algumas fotos da semana dos dias 15 a 19 de outubro - corn maze e sleepover:

labirinto?

Gina, amiga sul-coreana!



Terça-feira (23/out), junto aos outros intercambistas, fiz o que aqui chamam de "pumpkin carving", que é personalizar uma abóbora! Quinta-feira passada (25/out) tive festa de Halloween do colégio. 
Vou fazer um post separado pra essas duas coisas,e prometo não atrasar!
Domingo (28/out) nevou mais um pouco, mas não tirei fotos desta vez porque a neve derreteu muito rápido (não estava tãão frio...)

Peço desculpas novamente pelo atrasado, mas vou tentar colocar tudo em dia!

Happy Halloween!! :] xx

domingo, 7 de outubro de 2012

Outono?

Mal começou o outono, e quinta-feira passada foi meu primeiro de muitos dias de neve aqui!

em frente à minha casa


A temperatura estava por volta de 1ºC, e estava chovendo, mas com o vento a temperatura ficava negativa (-2ºC) e a chuva virava neve! Na sexta-feira estava mais ou menos a mesma temperatura, mas a neve parou por volta das 16h da tarde, e eu não tive aula      
 porque teve uma reunião entre os professores.


meu colégio 
Sábado fiquei em casa vendo filmes e hoje, domingo, é THANKSGIVING! Às 18h alguns parentes deles chegam para jantar, e amanhã não tenho aula devido ao feriado.

no parque
Acabei de voltar de um parque que é fora da cidade, está uns 11ºC mas a neve de sexta-feira chegou a 1 ft (+- 30 cm) fora da cidade e lá ainda não derreteu.










o Pierre AMA andar na neve!





Vou fazer um post separado para o Thanksgiving, e aqui vão algumas fotos do sábado passado que estava 31ºC!!! Pra vocês verem como em uma semana a temperatura aqui muda, e MUITO!
Como eu disse no outro post, eu e a Mariana fomos na casa da minha amiga brasileira Gabi, saímos  para andar de bicicleta, e fizemos PÃO DE QUEIJO! (ps: a mexicana amou!)
um verdadeiro outono



HAPPY THANKSGIVING, EVERYONE! :*